A Empresa

A Empresa

     TECNOLOGIA E VOLUME DE SERVIÇOS

 

   A Galvanização Beretta conta hoje com uma capacidade de produção de até 150 toneladas diárias, utilizando técnicas próprias, modernas e seguras com pontes de 16 toneladas e em tanques de grande volume, incluindo uma cuba de galvanização de 13m x 3m x 1,5m, que permitem peças dos mais diversos formatos e peso elevado.

ÁREA DE ATENDIMENTO

A empresa atende a região sul

do país, estabelecida em uma

área de 40.000m² com mais de

7.000m² de área construída.

Localizada estratégicamente para 

reduzir custos de transportes e

logística com atendimento 24h/7d.

Meio Ambiente

Meio Ambiente

Rapidez, eficiência e qualidade são filosofias de trabalho que a Galvanização Beretta vem desenvolvendo ao longo dos anos no mercado em que atua. Nesse sentido, as instalações da Beretta permitem lavar todos os gases provenientes dos tanques de pré-tratamento, trabalhando ininterruptamente junto ao filtro de mangas que consegue coletar todo o resíduo da galvanização, devolvendo apenas ar limpo a atmosfera.

​UMA HISTÓRIA ESCRITA A FERRO E FOGO.

Milton Beretta

Milton Beretta

PLANTA NO RS - 2001, Nova Santa Rita - RS

 

No distante ano de 1981, Milton Beretta então com 32 anos consegue realizar um sonho há muito tempo acalentado; ter o seu negócio próprio. Então se estabelece às margens da BR-116 em Canoas (RS) com uma pequena empresa de zincagem eletrolítica onde começa a prospectar importantes clientes da Grande Porto Alegre e do interior do estado. Mesmo com as dificuldades econômicas do cenário brasileiro da época, em 1982, Milton abre uma nova galvanizadora, agora na cidade de São Leopoldo e admitindo como sócio seu irmão Mário Beretta Filho, que o acompanhará por toda a vida.


Depois destes passos iniciais, abrem mais duas galvanizadoras eletrolíticas em Pelotas e Porto Alegre, e uma empresa de pintura eletrostática em Canoas que também alcançaram o mesmo sucesso das duas primeiras empresas de Milton, mas como todos os empreendedores, ele era uma pessoa inquieta e decidiu, em 1994, abrir uma galvanização a fogo na cidade de São Leopoldo, apesar das críticas do empresariado local, uma vez que vivíamos a aurora do plano Real e havia muitas incertezas acerca do futuro econômico do Brasil.

 

O sucesso desta primeira unidade de galvanização a fogo foi imediato, em virtude desta planta ter sido a única prestadora de serviço de galvanização a fogo exclusivamente para terceiros, ocasionando entregas rápidas e ágeis, flexibilidade de horários de carga e descarga e um ótimo relacionamento com os clientes. Mas Milton não parou por aí.


Apesar do ótimo tamanho da cuba de galvanização da unidade de São Leopoldo, Milton chegou a conclusão de que havia espaço para uma cuba maior no sul do Brasil. Assim, em 1998 adquiriu um projeto de forno de galvanização na Alemanha e uma área de 9 hectares na cidade de Nova Santa Rita, e em 1999 inicia as operações da maior cuba de galvanização a fogo do sul do país (12,60 X 1,50 X 2,75), onde está estabelecido até hoje.


Infelizmente, depois de uma vida inteira empreendendo e buscando a excelência na prestação de serviços de tratamento de superfície, Milton faleceu a 9 de outubro de 2004, com a idade de 55 anos, deixando sócio, irmão e filhos no comando da maior galvanização do sul do país.

 

Galvanização Beretta Ltda.
Fone: (47) 3452-0020 / 0151 / 0157 / 0350
BR 101 KM 70, 10370 - CEP 89245-000

Araquari - SC

 

CNPJ 11.859.889/0001-83  

Inscr. Estadual 256/087504  LAO nº 8377/2012

© 2010-2016 www.gberetta.com.br · Todos os direitos reservados